terça-feira, 30 de novembro de 2010

Técnicas de Básicas com David F. Mendes no Rio: Dezembro 2010

Roteiro de Cinema: Técnicas Básicas

Uma apresentação das principais técnicas de criação e desenvolvimento do roteiro para cinema, desde a idéia e o argumento até a redação final e revisões, incluindo as noções fundamentais de estrutura dramática.

http://www.telezoom.com.br/espaco/cursos/IMG/arton496.jpgcom David França Mendes
6,8, 13 e 15 DEZ
19h às 22h

Detalhamento:

1) A idéia. O que é, de onde vem, como reconhecer, como dar forma, como apresentar, como tornar útil e concreta uma idéia para filme. Trabalho a partir de elementos de noticiário, contos e imagens (pintura, fotografia).

2) Processo de trabalho. Uma idéia na mão, e depois? Apresentação de opções de processos de trabalho para redação de um roteiro de ficção. O que vem antes, o que vem depois, e quando e por que às vezes se pode mudar a ordem dos fatores.

3) A definição de um recorte. A idéia ganha sentido e direção. O momento de acumular: Quando novas idéias se sobrepõem à idéia original. Personagens, locações, vozes, cores, intenções, tom.

4) A pesquisa. Por que fazer, quando fazer, como fazer. O papel da pesquisa no combate aos clichês e à mediocridade. O que tirar do real e o que tirar da cartola. Quem não precisa de pesquisa?

5) Quando perguntam sobre o que é o seu roteiro, você tem que saber responder. E o mais importante é o próprio roteirista ser o primeiro a se perguntar isso. A resposta é importante para toda a estruturação da história.

6) Perfis de personagens. De onde vem tanta gente? Experiência pessoal, pesquisa, referências literárias, cinematográficas e artísticas. O diálogo com a tradição e o diálogo com a modernidade. Arquétipos e mentiras.

7) A sinopse. Tormento de nove entre dez roteiristas. Exigência de cem por cento dos projetos, dos concursos, dos diretores e dos produtores. A sinopse como instrumento de desenvolvimento da história e a sinopse como instrumento de venda do roteiro.

8) Estrutura. Antes de embarcar numa longa viagem, faça seu mapa. A elaboração de uma escaleta.

9) Primeiro tratamento. Colocar carne sobre o esqueleto. A importância da visualização. O roteiro é a descrição de uma história que vai ser contada em imagens e sons: é preciso ver um filme para poder escrever um filme. O lugar da autocrítica.

10) Do primeiro tratamento ao roteiro acabado. Faça como Faulkner, "kill your darlings". Revisões, revisões, revisões. A hora de parar.

11) Próximos passos: Os livros sobre roteiro - o que aproveitar deles, e de quais deles. Os concursos. Ferramentas do roteirista. Software de roteiro (Screenwriter, Final Draft, Dramatica e outros). A relação com os produtores e os diretores.

Currículo:

David França Mendes é diretor e roteirista, com trabalhos em cinema e televisão. Em 2009, lançou o longa-metragem "Um Romance de Geração", que escreveu e dirigiu, e a série "Quase Anônimos", do Multishow, da qual foi criador e fez roteiro final. Em 2011 será lançado "Corações Sujos", filme de Vicente Amorim, do qual fez o roteiro, e estreará sua primeira peça de teatro, "Não é Amor". Escreveu o roteiro dos longas-metragens "O Caminho das Nuvens", "2000 Nordestes" (do qual é também co-diretor) e "Irmãos de Fé", dirigiu e roteirizou quatro curtas-metragens e centenas de programas de TV. Foi diretor de desenvolvimento da produtora Mixer de 2006 a 2009. Atualmente, escreve o roteiro para um longa metragem em co-produção Brasil-França, também para a Mixer, e prepara seu segundo longa como diretor.

R$350,00

Saiba como se inscrever

2 comentários:

Rafael C. disse...

nada de novo no reino dos curso de roteiro?

Marcela Casarin disse...

Olá,
Sou produtora do Espaço Telezoom.
Em primeiro lugar, agradeço a divulgação do curso do David.
Todo mês temos cursos de roteiro bacanas aqui no Telezoom.
Gostaria de saber pra quem posso encaminhar nossa programação mensal, com estes cursos de roteiro.
Por favor, entre em contato:
marcela@telezoom.com.br
(21) 3497-7620

Abs

Últimos Cursos Publicados

Procura